António de Castro

Archive for Março, 2009|Monthly archive page

Jornalismo e o “papel digital” – um novo paradigma de negócio

In Blogroll on Março 18, 2009 at 12:35 am

1139313_538350751

O jornalismo e os média tradicionais impressos estão – ou deveriam estar – em fase necessária de conversão de modelo de negócio, de adaptação a uma nova filosofia dos meios de comunicação que se encontram agora inseridos numa sociedade transformada, renovada, digital e participante, sob pena de uma descapitalização e insistência num veículo já não tão lucrativo como anteriormente.

O canal de comunicação que os jornais representavam, com um fluxo de informação unidireccional, do média para o leitor sem possibilidade de participação (salvo raras excepções expressas através das colunas de opinião do leitor), está profundamente desarticulado em relação aos novos paradigmas da comunicação digital e do modelo de participação activa do leitor na produção de informação e na acção sobre a própria informação e sociedade.

A par da mudança comportamental e do encaixe do cidadão numa realidade digital que lhe disponibiliza mais ferramentas, canais e possibilidades de interacção – enquanto produtores de informação dos mais variados pontos do globo, seja na praia ou na montanha, no café ou escritório – assistimos também a uma digitalização global da informação anteriormente impressa e comprada nas bancas, quiosques, cafés e tabacarias. Agora, o leitor está mais “tecnologizado”, mais convertido à facilidade de busca de informação indexada e tratada, catalogada e complementada com “rich media”: vídeos, infografias interactivas, galerias de informação etiquetada e relacionada (tagging), com vastas hiperligações a outras fontes de informação.

Agora, o leitor recebe a informação através de “feeds”, “posts”, “blogs”, “twitts”, comodamente nos canais de sua preferência, nos novos media que utiliza e dos quais não se separa nem dispensa. Se aprofundarmos ainda mais as características sociais, etárias e demográficas, é notório que a nova geração de leitores não compra jornais: navega num mundo de estímulos visuais, informação audiovisual, galerias multimédia e num vasto mundo de informação na palma na mão.

Torna-se compreensível, claro e imperioso que os media tradicionais apostem na sua rápida conversão ao novo mundo que de Gutenberg já nada tem: e todos os que estão ligados à área sabem das dificuldades de implementação de pequenas ferramentas multimédia na edição de um jornal (e sim, contemplo neste comentário alguns dos maiores jornais portugueses onde a mudança se faz à custa da teimosia quase beligerante de quem acredita, contra o autismo ignorante e passivo de quem gere).

Anúncios

Internet: história e evolução

In youtube on Março 16, 2009 at 5:03 pm

A internet dispensa apresentações, mas a sua evolução talvez não. Desde o distante momento da criação da ARPANET, até à sociedade digital web 2.0, já em transformação para uma linguagem semântica, um longo caminho de invenções e mudanças de paradigmas ocorreu. Conheça o que mudou, o que foi feito e os principais actores da mudança numa realidade multimedia que hoje é dada como adquirida.

Barack Obama: fotografia “realmente” panorâmica

In Blogroll on Março 13, 2009 at 4:13 pm

 

tomada de posse de Barack Obama

tomada de posse de Barack Obama

As maravilhas da tecnologia digital não param de nos surpreender e de nos prestar novas visões, até há bem pouco tempo tecnicamente impossíveis, sobre o mundo e sobre eventos mediáticos de elevada cobertura global.

A tomada de posse de Barack Obama, será sem dúvida um dos mais recentes e populares eventos históricos do planeta, quer pela inédita nomeação e vitória de um candidato negro à presidência dos EUA, quer pelo carisma inegável da personagem agora já presidencial.

Veja e explore, encontre as caras conhecidas no meio da multidão, recorrendo à nova e maravilhosa tecnologia da fotografia digital, que nos espanta com a qualidade crescente e ângulos inovadores, cruzando criatividade e tecnologia.

Para os aficionadas da área da fotografia, este momento histórico foi captado e criado recorrendo a tecnologia digital de elevada complexidade, disponibilizada pela empresa Gigapan Systems – Brilliant Gigapan Pixels.

me2everyone: a new concept?

In Blogroll on Março 10, 2009 at 10:16 pm

Mais um conceito na net? Mais uma bolha que rebentará? Pelo menos, parece interessante verificar as promessas desta nova comunidade on-line. Faça o test-drive e aproveite o meu link.

Visite o meu referral.
http://www.me2everyone.com/273578

Google Health: a sua saúde, em todo o lado

In Blogroll on Março 7, 2009 at 4:49 pm

Em caso de acidente grave, e numa emergência médica totalmente imprevista, em que por vezes a própria pessoa não consegue comunicar dados médicos relavantes, seria útil ter uma ferramenta digital que agregasse todo o historial clínico do seu utilizar: doenças anteriores, medicamentação, condições de saúde, alergias, exames prévios realizados, colesterol, etc …

Google Health Screenshot

Google Health Screenshot

O Google lançou a sua ferramenta dedicada a gerir e disponibilizar informação e serviços relacionados com a sua saúde, através do inovador serviço Google Health, apresentando-se como concorrente mais directo do Microsoft Health Vault. Esta plataforma de gestão pessoal de saúde, mais centrada no utilizador, era já conhecida como uma das apostas recentes do Google, mas ainda pouco tinha sido divulgado, dada a natureza sensível do tópico e do secretismo em torno da solução e da ferramenta.

O que o Google pretende com esta ferramenta é permitir aos utilizadores fazerem a gestão e upload da sua informação de saúde, prestando ao mesmo tempo informação preciosa no que diz respeito a associação de sintomas e pesquisa de doenças, pesquisa de informação médica e clínica,  historial clínico e importação de dados de terceiros.

Deixando de lado a relevância da privacidade dos dados – é óbvio que se prefigura que o Google tome medidas bastante rigorosas no que diz respeito aos acessos controlados – parece uma excelente ferramenta de gestão de perfil pessoal clínico e condições médicas. Embora, pelo que me tenha sido possível analisar da ferramenta, ainda está bastante voltada par ao mercado americano, nomeadamente no que se refere à interligação e importação de dados de terceiros: médicos, farmácias e hospitais, o que torna para já a ferramenta bastante limitada.

Veremos como o Google faz evoluir esta ferramente de gestão pessoal de saúde para os diversos mercados.

Twitter: social search engine

In Blogroll on Março 6, 2009 at 1:26 pm

twittersearch

O Twitter, de que ninguém se cansa de falar, tem uma funcionalidade que passa despercebida a uma grande fatia dos seus utilizadores (Twitter Search), mas que é provavelmente um dos seus grandes trunfos no que diz respeito à sua futura valorização como ferramenta de auscultação social de importância fundamental para o marketing empresarial, cada vez mais atento e integrado com o universo digital.

Os utilizadores to Twitter interagem com serviços e marcas de forma integrada com o “loudspeaker” que é a ferramenta de micro-blogging em tempo real. Alguns deles, exprimem o seu agrado ou desagrado em relação a serviços e produtos, constituindo desta forma uma gigantesca base de dados qualitativa, que dá às marcas um feedback global constante no que toca ao produto que querem vender.

Se pensarmos no Twitter como um social search engine no qual poderemos introduzir uma marca ou um serviço de uma determinada companhia, e verificar os Twitts que estão a ser “postados”, dá para perceber facilmente a importância do serviço e o seu valor negocial para legitimar este serviço de micro-blogging como uma ferramenta de comunicação digital quase sem concorrência.

Facebook: redesign e novas funcionalidades

In Blogroll on Março 4, 2009 at 11:57 pm

Facebook press conference

Facebook press conference

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
O Facebook, seguindo a sua tendência de constante inovação, que tem resultado numa das mais fascinantes e dominantes comunidades de social networking, anunciou hoje, numa conferência de imprensa os novos projectos e o seu novo aspecto gráfico e visual da sua homepage, combinado algumas funcionalidades antigamente dispersas, no mesmo espaço gráfico, aumentando a interactividade e a recolha imediata da informação mais útil aos utilizadores, como por exemplo os amigos com quem mais se interage.

Facebook versus Twitter?

Facebook redesign: new homepage

Facebook redesign: new homepage

Um dos trunfos inegáveis do Twitter é a sua maravilhosa simplicidade e a actualização instantânea da informação, de forma reduzida, condensada e focalizada. Digamos que na era da hiper-abundância e massiva profusão informativa, é uma benção digital. Pessoalmente, começo a ter mais paciência e confiança para ver “twittes” filtrados e posteriormente navegar em profundidade, do que propriamente analisar milhões de referências em busca da correcta.

Um dos aspectos fundamentais do redesign do Facebook e das novas funcionalidades anunciadas hoje, prende-se com o streaming de actividade dos posts dos amigos (agora em tempo real). Outras não menos importantes são os filtros de informação (mais intuitivos e ágeis) e ferramentas como o Publisher que lhe permite de forma fácil actualizar todo o seu Facebook: status, links, videos, etc.

Reportagem completa em TechCrunch

Twitter e Medicina: operação “live” via Twitter

In Blogroll on Março 4, 2009 at 3:43 pm

medicoJá pensou que uma cirugia pode ser transmitida ao vivo através de uma webcam? Claro que já. E via Twitter? Pois, confesso que também não me tinha lembrado dessa utilização. Ainda bem que todos temos ângulos e abordagens de comunicação diferentes das nossas actividades.

Um grupo de médicos, do Hospital Henry Ford, em Detroit (USA), transmitiu via Twitter, uma delicada cirurgia de extracção de um tumor maligno de um rim, através de actualizações de estado da mesma. Um dos membros da equipa ficou destacado para resumir e actualizar o decorrer da delicada intervenção.

A controvérsia deste enquadramento surge logo quando se desvia potencialmente a atenção de um médico especialista e se adiciona uma cirurgia complexa e a utilização de uma ferramenta de social networking. Contudo, como afirma Craig Rogers, nada foi alterado no procedimento e na atenção necessária: um médico residente ficou encarregue de actualizar a informação, à medida que o Cirurgião-chefe executava a operação.

A ideia é aproximar a comunidade pública – não científica – aos procedimentos e processos inerentes à actividade médica, unificando dois mundos tão distantes e tão relacionados.

First Youtube Orchestra: resultados finais

In youtube on Março 3, 2009 at 4:12 pm

As audições para a formação oficial da primeira orquestra sinfónica Youtube, acabaram. Seleccionada pelos utilizadores do site, foram a concurso mais de 3.000 videos oriundos de 70 países do mundo, repartidos por amadores e profissionais. A escolha para os 200 finalistas foi feita por músicos de orquestras profissionais, incluíndo as Sinfónicas de Londres, S. Francisco e Berlim, e as Filarmónicas de Hong Kong e Nova Iorque: a escolha final foi feita pelos votantes do Youtube.

Composta por 26 instrumentos, com executantes dos 17 aos 55 anos, irá mostrar o seu potencial musical pela primeira vez ao vivo, no dia 15 de Abril, num concerto em Carnegie Hall, conduzida por Michael Tilson Thomas.

Twitter: usual, num futuro próximo

In Blogroll on Março 3, 2009 at 12:02 pm

Segundo um dos seus fundadores, o Twitter será brevemente uma ferramenta de utilização normal para todas as pessoas e não apenas para a camada entusiasta da web 2.0 que tem feito desta ferramenta um serviço de exponencial crescimento. Como Evan Williams analisa, à selhança dos blogs, também este será um meio de comunicação que será cada vez mais penetrante e usado por toda a camada social, e que lhe dará um uso particular em função das suas necessidades de comunicação.

O Twitter, um serviço de micro-blogging e social networking, fundado  por Jack Dorsey, Biz Stone e Evan Williams , lançado em 2006, é o telégrafo da era web 2.0. Usado com uma perspectiva bastante diferente de outros serviços de comunicação e instant messaging, permite aos utilizadores “twittar” o seu estado actual, projectos em que estão a trabalhar, sites a visitar, locais interessantes, discotecas em que se encontram e quase tudo o que se possam lembrar.